Dry Martini
Histórias e Mitos

Mestre Derivan, Kascão Oliveira e Prodrinks
contam a história e evolução do Dry Martini

Participação especial de Rafael Mariachi e Luis Cláudio Simões.

É com o nome de “Martinez” que aparece a primeira receita no livro The Modern Bartender’s Guide de O.H.Byron.  Sendo uma variação do Manhattan em que se substitui o whiskey por gin.

Os registros começam em 1884 no livro The Modern Bartender’s Guide de O.H.Byron e em 1887 com o "professor Jerry Thomas.

Na segunda edição do Bartender’s Manual de Harry Johnson aparece pela primeira vez a ortografia “Martini” em 1888

Sempre caminhando para o mais seco, o vermouth tinto italiano, foi substituido pelo vermouth dry (seco) francês e o nome torna-se “Dry Martini”. É em Paris que a primeira receita completa é publicada no livro American Bar de Frank P  Newman em 1904.

Uma das lendas do Dry Martini, é que a receita foi criada para John D Rockfeller por um bartender chamado Martini di Arma di Traggi no bar do hotel Knickerbocker de NYC, quando o famoso cliente pediu um coquetel extremamante seco, cerca de 1910.

 

 

Calendar

Se você perdeu o workshop de Dry Martini
participe do próximo em 12/12/2013

Como foi: